Home > Artistas > Rodrigo Maria de Jesus

Rodrigo Maria de Jesus


Rodrigo Maria de Jesus é musico /artista plástico que tem como principal objetivo se conectar com as pessoas através de sua arte, seja ela sonora ou visual, Rodrigo vê o mundo pelo signo das artes como fenômeno humano e tenta acrescentar suas cores a esse cenário.

Musico e artista plástico autodidata, Rodrigo começa sua caminhada no Rio de Janeiro em 1994, mais precisamente em Rio das ostras, cidade do litoral fluminense, quando forma sua primeira banda, a partir desse momento Rodrigo entra em contato com mundo da musica, tocando em pequenos shows e festas de aniversário, e acaba ganhando gosto pelo hobby, que em pouco tempo se torna oficio.

Em 1998 Rodrigo se envolve com a cena de musica independente da do famoso bairro da Lapa, no Rio de Janeiro fazendo pequenas apresentações na rua e participações durante a apresentação de outros artistas de rua da localidade.

Em 2003 Rodrigo recebe uma moção publica do município do Rio de Janeiro, por sua colaboração para a cena cultural do município do Rio de Janeiro pela idealização e realização do festival de jazz intitulado “jazzin lócus”, nesse mesmo ano Rodrigo começa seu projeto multimídia, Pi.V.V.O., que misturava musica, fotografia e arte de rua,sendo tambem o laboratório onde Rodrigo começa a se envolver com a street arte, mais especificamente com tape art e colagem, atividades que o acompanham desde então.

Em 2007 Rodrigo entra para a banda MEDULLA como baixista e co-diretor executivo, iniciando a carreira independente da banda, agora mais influenciada por jazz e com propostas inovadoras para o mercado, como projeto de compactos, que pulveriza conteúdo no mercado em menor quantidade e com espaçamento de tempo maior entre os lançamentos, e modelo MVMT de ambivalência lucrativa, que começou a ser implementado no ano de 2014, permitindo ao fã lucrar efetivamente com a banda.

Em 2014, aos 34 anos, ainda atuando como baixista no Medulla, Rodrigo inicia sua carreira solo com repertorio de musicas inéditas em inglês e português, onde atua como guitarrista e lead vocal, isso tudo somado ao seu projeto sócio-cultural de performances de tape art intitulado, RMJ, onde o artista não só expõe sua arte mas também ministra workshops de com intuito de estimular o ingresso de jovens no mundo da arte.