Home > Artistas > Juninho Afram

Juninho Afram


Com mais de 20 anos de carreira, um dos fundadores do Oficina G3, Juninho Afram tornou-se um dos principais guitarristas do Brasil, reconhecido pelo público e imprensa especializada há anos.

Respeito ancorado em marcas que falam por si: em nove trabalhos lançados pela banda fundada em 1987, são 7 discos de ouro, alcançando mais de 1 milhão de cópias vendidas, prêmio no Grammy Latino 2009 para o disco “Depois Da Guerra”, outras duas indicações para o Grammy em 2005 e 2007, DVD de ouro com o DDG Experience, extensas turnês por todo o Brasil e também diversas passagens por Estados Unidos, Europa, América Latina e até Japão, shows para mais de 500 mil pessoas e apresentação histórica no Rock In Rio III.

Além disso, Juninho possui linha completa de produtos “signature series” pela Tagima, a maior fabricante brasileira de instrumentos musicais, sendo um dos principais endorsers da marca, com duas guitarras e um violão assinados por ele, entre os mais procurados do país. Juninho também possui signature das cordas Dean Markley, dos cabos Sparflex e agora também faz parte do time Fire Custom Shop.

Capa de revistas especializadas como Guitar Player (cravando uma das 5 revistas mais vendidas da história da publicação – setembro/2008 – segundo a própria editora) e Cover Guitarra, Afram e o Oficina G3 já passaram por todos os principais veículos da imprensa nacional: Veja, Folha de São Paulo, MTV, Istoé, Estadão, Multishow, dezenas de jornais, sites, TV’s, revistas, rádios, de todos os estados, ultrapassando (e muito) a barreira do gospel.

Juninho começou, na adolescência, tocando violão. Mais tarde ganhou sua primeira guitarra e, devido a falta de recursos, fabricava seu próprios pedais de efeito. Iniciou oficialmente seus estudos aos 13 anos em um conservatório de violão clássico, passando por professores particulares e anos mais tarde aluno de um dos maiores ícones da guitarra brasileira, Mozart Mello. Juninho também foi professor durante 10 anos, experiência fundamental. Mas foi mesmo como autodidata, na prática, dedicação e nos palcos, que Juninho definiu seu estilo, sua técnica, sua maneira particular de tocar e compor.

Reconhecido principalmente pelo feeling e bom gosto com o qual interpreta as composições, Juninho conquistou merecidamente seu espaço entre os principais nomes da guitarra no Brasil.