Home > Artistas > Conrado Goys

Conrado Goys


Conrado Goys é um versátil guitarrista, violonista, produtor, compositor e arranjador. Diretor musical e arranjador da Gafieira São Paulo, ganhadora do prêmio de Melhor Grupo de Samba no 22º Prêmio da Música Brasileira, integrada também por Verônica Ferriani, uniu o trabalho da banda com artistas como Teresa Cristina, Celso Viáfora, Zé Renato e Vicente Barreto. Produziu, além de assinar diversos arranjos, o último CD/DVD ao vivo de Luiza Possi, “Seguir Cantando”; e também o CD/DVD “Viadutos”, da cantora e compositora Dani Gurgel, em parceria com Thiago Rabello.

Há dez anos acompanha o trabalho de Pedro Mariano, tanto como sideman quanto como arranjador. A partir dessa ótima relação, trabalhou com diversos artistas como Simoninha, Luciana Mello, Sandy e Cesar Camargo Mariano. Com este último, trabalhou em outros projetos como o disco “Inteira” de Tatiana Parra, com a qual também acumula mais de uma década de trabalho como diretor musical, músico e arranjador. Ainda com Tatiana, dividiu o palco diversas vezes com Ivan Lins, André Mehmari, e fez uma turnê pela América do Sul, na qual desenvolveu uma relação musical próxima com o trio argentino Aca Seca. É, há 5 anos, integrante da banda do programa Ídolos (versão brasileira do original “American Idol). Assina a direção musical do DVD do grupo 5 a Seco.

Bacharel em guitarra pela Faculdade Santa Marcelina, aprofundou seus estudos em arranjo e orquestração com Claudio Leal. Aos 18 anos, começou sua vida profissional acompanhando Fat Family, também em início de careira, e Celso Pixinga, além de ter acompanhado Emilio Santiago, Mariana Aydar, Banda Black Rio, Laércio de Freitas, Adelmo Cazé, Hyldon, e diversos outros artistas. Foi professor das escolas de música EM&T e Intermezzo.

Conrado também atua como produtor e arranjador de trilhas para cinema, teatro e publicidade, especialmente no ambiente de seu próprio estúdio e produtora, a Oca – Casa de Som. Compôs, em parceria com Zé Godoy, a trilha original para o longa metragem “Onde está a Felicidade” de Carlos Alberto Riccelli, que ganhou 1º lugar no júri popular do Festival de Paulinia 2011; e para os curtas “Girassol” de Lucas Fazzio, “Envie aos Palhaços” de Guga Nogueira Marques D’Oliveira e “En tu basura on en la mia” de Cesar Dufolk (Espanha). Sua canção “Brisa”, em parceria com Caê Rolfsen, foi a grande vencedora do Festival de Avaré (FAMPOP) de 2004.